segunda-feira, 28 de julho de 2014

Faltam medicamentos nos postos de saúde

Constatamos a falta dos medicamentos Serlozok, para pressão alta, Metformina, para diabetes e furosemida, também para pressão alta ( estes dois podem ser encontrados de graça na Farmácia Popular), no Posto de Saúde nº 1 do Guará I.

Perguntamos em que postos poderíamos encontrar o Serlozok e uma engraçadinha  que trabalha na farmácia indicou para comprar na farmácia.

Falta de Delegados nas delegacias?

Maria do Socorro Rocha, 80 , procurou a 33ª Delegacia  de Polícia no domingo, porém foi informada  para comparecer à delegacia na segunda-feira, das 12h às 18h,  para falar com o delegado.

Ela estranhou que não há delegado no turno da manhã e disseram que é por falta de pessoal.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

ARRAIAL DA BOA VONTADE

 
 
Muita alegria e animação marcarão a programação do tradicional Arraial da LBV, que ocorrerá ao lado do Templo da Boa Vontade na Quadra 915 Sul, em Brasília/DF, dias 25 e 26 de julho de 2014, sexta e sábado, a partir das 19 horas.
Uma das atrações é a Quadrilha Formiga da Roça, além de Banda Forró, Pescaria, Carrocinha do pônei, Sorteios, Brincadeiras, Brechó chique e as tradicionais comidas típicas.
O Arraial, além de ter caráter sustentável, contribuirá com o trabalho socioeducacional da Legião da Boa Vontade, que atende na cidade crianças em situação de vulnerabilidade social. Todos os resíduos produzidos serão selecionados e transformados em produtos ecológicos em parceria com a Cooperativa dos Recicladores da Cidade Estrutural, que integra ações de desenvolvimento sustentável. A festividade contará com um stand de Eco Produtos de várias cooperativas, como sacolas retornáveis, dentre outros materiais reciclados, mostrando assim, uma nova perspectiva sobre o “lixo”.
Tudo isso com muita alegria e diversão, partindo da premissa: “Divirta-se, mas faça Caridade”. PARTICIPE! Venha e traga sua família. A entrada é franca.
SERVIÇO: Arraial da Boa Vontade
Data: 25 e 26 de julho, sexta e sábado, às 19 horas.
Local: (SGAS 915, lotes 75/76, na Asa Sul). Ao lado do Templo da Boa Vontade
Entrada franca

Jovem é preso por tráfico na divisa de Santa Maria com Valparaíso de Goiás e outras notícias

 
Policiais militares integrantes do Grupo Tático Operacional 46 (26º Batalhão - Santa Maria) patrulhavam a rodovia DF 290, por volta de 0h do dia 23, quando no módulo 1 do residencial Santa Maria, divisa com Valparaíso de Goiás, localizaram um jovem de 19 anos em atitude suspeita.
 
Feita a abordagem,  localizaram 18 pedras de crack, sendo 15 separadas em saco plástico e 80 reais.
 
Indagado sobre a droga, o rapaz confessou aos policiais que estava vendendo o entorpecente e que o verdadeiro dono da droga iria retornar mais tarde para auferir o lucro e deixar mais drogas para futuras vendas.
 
Diante do flagrante, o rapaz foi conduzido para a delegacia, onde foi autuado pelo crime de tráfico de entorpecente.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Policiais militares que estavam no Serviço Voluntário Gratificado apreenderam dois menores com duas porções de crack e uma de maconha na Estação Rodoviária de Brasília (ERB) na tarde desta quinta-feira (24). Por volta das 15h30, o sargento Waine e o cabo Pinho abordaram os adolescentes na Plataforma D da ERB. Também foi apreendido um cartão de banco, mas os menores não souberam explicar a origem do objeto. Ao chegarem na delegacia especializada na Asa Norte, os policiais foram informados que existia em desfavor de um dos garotos um mandado de busca e apreensão pelo ato infracional análogo ao crime de furto.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Policiais militares integrantes do Grupo Tático Operacional 28 (8º Batalhão - Ceilândia), localizaram um veículo roubado e apreenderam uma arma de fogo no final de noite de ontem (23), por volta de 23 horas, numa via pública da Ceilândia Norte.
Um policial militar de folga viu um Fiat Pálio, pertencente a um parente e que havia sido roubado, trafegando pela cidade. Os policiais do Gtop 28 foram informados e abordaram um maior de idade e um menor no carro. Com um deles foi encontrado um revólver calibre 38 com quatro munições intactas. Os dois foram detidos e encaminhados à Central de Flagrantes para registro do fato. Participaram da ocorrência os policiais militares sargentos Audair, Fagundes, Olivon e cabo Sá.
 
Fonte: site da PMDF

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Ceilândia terá Cidade do Automóvel

 
 
Ceilândia ganhará ainda este ano um setor específico para abrigar as revendedoras de veículos seminovos e usados da cidade. O anúncio foi feito na noite desta terça-feira (22) pelo candidato à reeleição pela coligação Respeito por Brasília, Agnelo Queiroz, na QNM 10, em, Ceilândia Norte, durante a comemoração dos 19 anos de fundação da primeira agência de veículos da região. Já batizada de Cidade do Automóvel de Ceilândia,  a nova área fica na QNM 26, próximo à Caesb, às margens da BR 070.
 
“Cumprimos todas as etapas legais para instalação da nova área. Estamos valorizando e reconhecendo a importância desse setor, que tem uma tradição muito grande na cidade. Com essa iniciativa daremos à categoria condições de exercer suas atividades com tranquilidade,organização e segurança jurídica”, destacou Agnelo Queiroz.
 
Agnelo Queiroz explicou que o projeto de implantação da Cidade do Automóvel de Ceilândia está em fase final na Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária (Sedhab) e será enviado à Câmara Legislativa do DF logo após o recesso parlamentar. Hoje, a região administrativa possui 24 agências de veículos na região da QNM 10, em Ceilândia Norte, e QNOs 1, 3 e 9, no Setor O.
 
O candidato à reeleição como vice-governador pela coligação Respeito por Brasília, Tadeu Filippelli, elogiou a luta dos revendedores de veículos para consolidar a Cidade do Automóvel de Ceilândia. Filippelli também destacou os investimentos do governo na área de transportes na região administrativa. “A melhor coisa da vida pública é poder resgatar os compromissos assumidos. Hoje [ontem], começaram a rodar aqui 15 ônibus articulados. Mais 40 já estão em Brasília para, brevemente, atender a população de Ceilândia”, afirmou Filippelli.
 
Também presente ao encontro, que reuniu ainda empresários do setor de farmácias e autopeças, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Ceilândia (Acic), Clemilton Saraiva, defendeu a reeleição de Agnelo Queiroz, a quem credita o crescimento econômico e social da cidade nos últimos três anos. “A recondução de Agnelo ao Buriti é um compromisso de todos nós. Ele resgatou todos os compromissos assumidos com a população”, ressaltou Saraiva.
 
Na avaliação de Saraiva, a conclusão do campus da UnB e da via que liga o P Sul a Samambaia, além da construção de duas Upas e da Escola Técnica Federal, entre outras obras, demonstram o empenho de Agnelo Queiroz em promover o desenvolvimento da região administrativa mais populosa do DF.
 
Pedro Batista, proprietário da primeira agência de automóveis de Ceilândia e presidente informal da associação da categoria, está confiante na implantação do setor e elogiou a postura de Agnelo Queiroz diante da reivindicação do segmento. “Ele sempre nos atendeu, veio aqui e se reuniu conosco várias vezes. Enfim, deu a atenção que esperávamos de um governante. Espero que ele seja reeleito para que possamos trabalhar juntos no próximo mandato”, afirmou Batista.

Justiça libera publicações sobre Arruda no site do Ministério Público

 
A representação eleitoral que a Coligação “União e Força”, de José Roberto Arruda, candidato a governador do Distrito Federal, enviou contra a Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) na última quarta-feira, e foi acolhida por uma liminar na última sexta, foi cancelada nesta terça pela mesma juíza que concedeu a liminar, a juíza auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral do DF (TRE) Eliene Ferreira Bastos. Arruda contestava duas notas — e pedia a retirada desses conteúdos da página da PRE — divulgadas no último dia 10 pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), que afirmam que o candidato estaria impossibilitado de assumir o cargo de governador, em razão de ter sido condenado por improbidade administrativa pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT).
José Roberto Arruda foi o primeiro governador do país a ser preso, em 2010, suspeito de envolvimento com o escândalo conhecido como mensalão do DEM, quando Arruda era do partido, e teria atuado no suposto esquema de compra de apoio político no DF.
A juíza classificou a condenação a Arruda por improbidade administrativa como “pública e notória”. “Nenhuma informação inverídica foi prestada pelo Ministério Público Eleitoral”, argumentou a magistrada na decisão, que nega que as notas divulgadas pela PRE sejam propaganda negativa, como queria a representação da coligação de Arruda. “Com a decisão do TJDFT, os candidatos ficam impossibilitados de assumirem os cargos, caso sejam eleitos”, dizia uma nota contestada pelo ex-governador.

A representação, do último dia 16, afirma que as notas foram feitas “de forma dolosa, precipitada e irresponsável”. “O Ministério Público Eleitoral praticou conduta vedada da legislação eleitoral que proíbe propaganda que caluniar, difamar ou injuriar qualquer pessoa, assim como a propaganda, ainda que regular, em sites de órgãos públicos”, diz o documento. As notas do MPE, diz a representação, “extrapolaram os limites da liberdade de expressão” e envolvem “desgaste político incalculável” para Arruda. Era pedido pela coligação que o MPE se furtasse de praticar atos que poderiam denegrir candidaturas, o conteúdo fosse retirado do ar, e que o MPE fosse multado.

“As notas divulgadas objetivaram atender ao interesse de informação da população do Distrito Federal” para evitar “situação de insegurança para o eleitor”, e as informações prestadas já eram amplamente conhecidas, diz a decisão. A juíza ressalta que as publicações na página do Ministério Público Eleitoral estariam sujeitas a análises da Justiça Eleitoral, como reconheceu o próprio MPE. Com a decisão, a liminar que havia sido concedida à coligação de Arruda na última sexta-feira foi cassada.
 

O Globo
 
 
 



  
 

terça-feira, 22 de julho de 2014

Projeto cria carreira de assistente de advocacia para graduados não aprovados no Exame da OAB

Um projeto recém-apresentado no Senado cria a função de assistente de advocacia que seria desempenhada por graduados em Direito que são proibidos de exercer a profissão de advogado por não cumprirem o requisito de aprovação no Exame da OAB. De acordo com o PLS 232/2014, esses bachareis poderão atuar , prestando auxílio aos advogados, que ficariam responsáveis por sua supervisão, ou ainda como mediadores.

Ao justificar a proposta, o autor do projeto argumenta que os bachareis não aprovados no Exame da OAB podem ser encarregados de tarefas como levantar fatos e provas; fazer contato com clientes; organizar reuniões; e auxiliar em questões de informática e administração interna.

Segundo o autor, a profissão de assistente de advocacia inspira-se em atividades semelhantes existentes nos Estados Unidos, Canadá e Inglaterra. Nos EUA, onde são conhecidos como "paralegals", esses profissionais somam quase 280 mil.

Pelo projeto, os assistentes de advocacia seriam inscritos em quadro próprio na OAB, pagando anuidade correspondente a 60% do valor devido pelos advogados. Eles também poderiam integrar sociedades de advogados e receber honorários.

Entidades representativas estimam que existam no Brasil pelo menos 2 milhões de bachareis em Direito sem carteira de advogado.
 
Fonte: Agência Senado